PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Arábia Saudita classifica feminismo como ‘extremismo’

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A homossexualidade e o ateísmo são ilegais e puníveis com pena de morte no reino saudita.

Um vídeo promocional publicado pela agência de segurança estatal da Arábia Saudita classificou o ateísmo, o feminismo e a homossexualidade como “ideias extremistas”.

A peça foi publicada no último final de semana em uma conta oficial da monarquia saudita. 

“Não se esqueça que o excesso de qualquer coisa à custa da pátria é considerado extremismo”, ressaltou o vídeo.

A publicação afirmou ainda que “todas as formas de extremismo e perversão são inaceitáveis”, segundo o jornal DW.

A legislação saudita prevê a pena de prisão para a participação em grupos considerados extremistas pelo reino. 

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.