PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Arábia Saudita convidou Brasil para se juntar à Opep, diz Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Se ingressar, o Brasil poderá se tornar o terceiro maior produtor da Opep, depois da Arábia Saudita e do Iraque. 

O presidente da República, Jair Bolsonaro, disse, nesta quarta-feira (30), que a Arábia Saudita convidou informalmente o Brasil para se juntar à Organização dos Países Exportadores de Petróleo (Opep).

A medida é um sinal da crescente importância da nação da América Latina como produtor e do desafio que se impõe à influência do cartel nos mercados de petróleo.

Bolsonaro recebeu o convite após realizar reuniões esta semana com autoridades sauditas, incluindo o príncipe herdeiro Mohammed Bin Salman, à margem da conferência Future Investment Initiative, em Riade.

“É o primeiro passo para talvez implementar essa política no Brasil”, disse Bolsonaro, segundo o jornal Valor Econômico.

O chefe do Executivo acrescentou que precisaria consultar a equipe econômica e o Ministério de Minas e Energia antes de concordar em participar do cartel, mas se mostrou ansioso para o país aceitar o convite.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.