Português   English   Español

Arábia Saudita denuncia sabotagem contra petroleiros

Arábia Saudita denuncia sabotagem contra petroleiros
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Os sauditas condenaram a sabotagem como uma tentativa de minar a segurança do abastecimento internacional de petróleo bruto.


A Arábia Saudita afirmou nesta segunda-feira (13) que dois navios petroleiros de bandeira saudita foram alvos de “ataques de sabotagem” enquanto navegavam próximo à costa dos Emirados Árabes Unidos.

Os Emirados confirmaram que quatro navios comerciais foram alvos de sabotagem ao navegarem próximo ao emirado de Fujeira, um dos maiores centros de abastecimento de petroleiros em todo o mundo, localizado na parte externa do estreito de Ormuz.

O incidente ocorreu após os Estados Unidos advertirem que “o Irã ou os seus representantes” poderiam ter como alvo o tráfego marítimo na região, o que fez com que Washington enviasse um porta-aviões e bombardeiros à região do Golfo Pérsico.

Além disso, como noticiou a RENOVA, a Casa Branca também estuda o envio do sistema antimísseis Patriot à região.

As autoridades dos Emirados Árabes não atribuíram responsabilidade a nenhum grupo ou país. Após os ataques, o preço do petróleo bruto nos mercados mundiais chegou a aumentar em 1,1%, com o barril chegando a custar US$ 71,77.

O ministro saudita da Energia, Khalid al-Falih, disse em nota que os ataques não deixaram vítimas nem resultaram em derramamentos, mas causaram danos significativos nas estruturas dos navios, informa a agência EBC.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...