Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Aras determina revisão de investigações sobre Maia

Augusto Aras afirma que atitude de Rodrigo Janot é 'inaceitável'
Imagem: Roque de Sá / Agência Senado
COMPARTILHE

PGR teria encontrado inconsistências na acusação de Dodge contra Maia, que agora pode levar meses para ser refeita. 

As investigações que tramitam no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara dos Deputados, estão há meses paradas.

Os inquéritos estavam esperando que a Procuradoria-Geral da República (PGR) decidisse oferecer denúncia ou pedir arquivamento dos casos.

De acordo com a Folha, o procurador-geral, Augusto Aras, determinou a revisão das apurações, após ter recebido de sua antecessora, Raquel Dodge, os inquéritos supostamente prontos para oferecimento de denúncia.

Integrantes da equipe da PGR teriam encontrado inconsistências na acusação de Dodge, que agora pode levar meses para ser refeita. 

Houve um entendimento de que os elementos colhidos nos inquéritos não davam lastro à narrativa acusatória traçada por Dodge, ainda de acordo com a Folha.

O resultado da revisão feita pelo procurador-geral determinará se a PGR buscará abrir ações penais contra Maia, tornando-o réu, ou pedirá o arquivamento dos inquéritos ao ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários