- PUBLICIDADE -

Aras diz que mensagens hackeadas da Lava Jato já estão na PGR

Aras diz que mensagens hackeadas da Lava Jato já estão na PGR
Imagem: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO CONTEÚDO

- PUBLICIDADE -

Aras destacou que o assunto é muito sensível, uma vez que terá “grandes repercussões para o direito e, especialmente, para os processos onde já há condenação”.

O procurador-geral da República, Augusto Aras, afirmou que as mensagens hackeadas dos celulares de integrantes da operação Lava Jato já estão na PGR.

Agora, segundo ele, será feita uma análise para ver se o conteúdo é verdadeiro e se poderá ser usado como prova na Justiça.

Em entrevista à rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira (7), Aras declarou:

“O colega Alcides Martins, que foi PGR interino, pediu ao ministro Gilmar Mendes que enviasse à PGR os textos divulgados para que fossem apreciados. O material já foi entregue, já se encontra no gabinete e será avaliado pelo colega encarregado de cuidar das ações penais originárias no STF. Dessa forma, nós vamos avaliar o conjunto dos elementos fornecidos na ‘Vaza Jato’, sem esquecer que, de alguma forma, vários colegas já validaram seus conteúdos.”

Sem citar outros nomes, Aras lembrou que o ex-procurador Marcelo Miller “confirmou publicamente” a veracidade das conversas hackeadas.

O procurador-geral reforçou que é preciso apreciar os conteúdos, uma vez que eles revelariam um “projeto de poder” que não pode acontecer dentro do MPF.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -