Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Araújo diz que Brasil não aceitará ‘controle externo’ na Amazônia

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Araújo diz que Brasil não aceitará 'controle externo' na Amazônia

Araújo reclamou de declarações de Macron sobre possibilidade de “status internacional” para a Amazônia.

Autoridades do Brasil estão reagindo com indignação à fala do presidente da França, Emmanuel Macron, sobre a possibilidade de discussão de um “status internacional” para a Amazônia.

Em mensagens na rede social Twitter, o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, avisou que o Brasil “não aceitará nenhuma iniciativa que implique relativizar a soberania sobre o seu território, qualquer que seja o pretexto e qualquer que seja a roupagem”.

“Ninguém precisa de uma nova ‘Iniciativa para a Amazônia’, como sugere o Presidente Macron quando já existem no âmbito da Convenção do Clima da ONU vários mecanismos para financiar o combate ao desmatamento e o reflorestamento”, acrescentou o chanceler.

“Está muito evidente o esforço, por parte de algumas correntes políticas, de extrapolar questões ambientais reais transformando-as numa ‘crise’ fabricada, como pretexto para introduzir mecanismos de controle externo da Amazônia”, completou o chefe do Itamaraty.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email