- PUBLICIDADE -

Araújo diz que Brasil não discriminará Israel na ONU

Araújo diz que Brasil não discriminará Israel na ONU
- PUBLICIDADE -

Chefe do Itamaraty quer romper injustiça dos governos anteriores do Brasil contra Israel nas Nações Unidas.

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, afirmou na última sexta-feira (22) que o Brasil está rompendo com a “tradição espúria e injusta” de apoiar o “tratamento discriminatório contra Israel na ONU”.

“Apoiar o tratamento discriminatório contra Israel na ONU era uma tradição da política externa brasileira dos últimos tempos”, disse Araújo em mensagem publicada na rede social Twitter.

Faltando uma semana para visita de Bolsonaro a Israel, o Itamaraty deu demonstração de apoio ao primeiro-ministro israelense Benjamin Netanyahu.

O governo do presidente da República, Jair Bolsonaro, abandonou apoio à Palestina na ONU ao votar a favor de Israel pela primeira vez no Conselho de Direitos Humanos, registrou a RENOVA.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -