- PUBLICIDADE -

Araújo minimiza declarações da França sobre acordo Mercosul-UE

Araújo minimiza declarações da França sobre acordo Mercosul-UE
Imagem: Reprodução/Agência EBC
- PUBLICIDADE -

“Nenhum país está pronto para ratificar, diante da sua própria questão constitucional”, disse o chefe do Itamaraty.

O chanceler do Brasil, Ernesto Araújo, afirmou que nenhum país está pronto para ratificar o acordo entre União Europeia e Mercosul.

A afirmação é uma resposta aos comentários da porta-voz do governo francês, Sibeth Ndiaye. Mais cedo, nesta terça-feira (2), ela disse que a França não está preparada no momento para ratificar o acordo comercial anunciado na última sexta-feira, dia 28 de junho.

Em conversa com jornalistas, segundo o site G1, Araújo declarou:

“O acordo nem está pronto para ser submetido aos parlamentos nacionais, nem na França nem aqui. No momento, nenhum país está pronto para ratificar, diante da sua própria questão constitucional.”

Araújo afirmou que esse tipo de manifestação do governo do presidente Emmanuel Macron é direcionado ao público interno.

O chanceler acrescentou que cabe à comissão europeia esclarecer aos países membros, inclusive à França, o que está dentro do acordo:

“A comissão conduz as negociações, mas ela mantém consultas permanentes com os estados membros. Portanto nada que esteja no acordo, ao meu ver, é uma surpresa para os países membros. Eles já conhecem o que está lá dentro.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -