- PUBLICIDADE -

Araújo rebate rótulo de ‘pária internacional’ do Brasil

Araújo rebate rótulo de ‘pária internacional’ do Brasil

“O Brasil fala em liberdade através do mundo”, diz o chefe do Itamaraty.

- PUBLICIDADE -

O ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, lembrou que, na última Assembleia-Geral das Nações Unidas (ONU), apenas o presidente da República, Jair Bolsonaro, e o mandatário dos Estados Unidos, Donald Trump, falaram em liberdade. 

Em discurso na formatura de diplomatas, Araújo disse que, antes do atual governo, o Brasil flertava com o “marxismo” e o “globalismo”, mas que agora é um defensor da liberdade:

“O Brasil fala em liberdade através do mundo, se isso nos faz ser um pária internacional, então que sejamos um pária.”

Ainda segundo o chanceler, a diplomacia, assim como a poesia, serve à busca da liberdade:

“A diplomacia pode ajudar a libertar o pensamento, libertar a língua, libertar a grande nação brasileira e o próprio mundo da pobreza material e espiritual.”

Ao dirigir a palavra aos formandos, Araújo disse que eles chegam a um “Itamaraty que se renova”:

“A diplomacia pode ser lírica, dramática e pode ser épica, pode ter bandeira e pátria. A diplomacia pode pensar, pode falar. Para mim, isso foi uma descoberta transformada e quero compartilhar com vocês.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -