Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Argentina congela bens e classifica Hezbollah como grupo terrorista

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Argentina congela bens e classifica Hezbollah como grupo terrorista

O anúncio foi feito no 25º aniversário do ataque a bomba contra um centro comunitário judeu em Buenos Aires que matou 85 pessoas.

O governo da Argentina determinou, nesta quinta-feira (18), o congelamento de bens do Hezbollah no país, e designou o grupo do Líbano como uma organização terrorista.

As autoridades do país da América do Sul culpam o Irã e o Hezbollah pelo atentado — ambos negam qualquer responsabilidade.

A Argentina também culpa o Hezbollah por um ataque contra a embaixada de Israel em Buenos Aires em 1992 que deixou 29 mortos.

A unidade de informações financeiras da Argentina ordenou o congelamento de bens de membros do Hezbollah e da organização um dia depois de elaborar uma nova lista de pessoas e entidades ligadas ao terrorismo, informa a agência Reuters.

Autoridades dos Estados Unidos e da Argentina dizem que o Hezbollah opera na chamada Tríplice Fronteira entre Argentina, Brasil e Paraguai, onde uma economia ilícita financia suas operações em outras partes.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Comentários

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Outras Notícias