Português   English   Español
Português   English   Español

Argentina desmancha quadrilha que contrabandeava armas para Brasil

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Argentina desmancha quadrilha que contrabandeava armas para Brasil

“Estamos falando de umas mil armas que eram montadas aqui, na Argentina”, declarou a ministra argentina Patricia Bullrich.

Uma megaoperação da polícia da Argentina apreendeu cerca de mil armas, de diversos tipos, quase 30 mil balas, explosivos, granadas, minas antitanque e um canhão.

A polícia argentina também deteve 17 suspeitos de integrar uma quadrilha que contrabandeava armamento para o Brasil, informou, nesta quarta-feira (26), o ministério da Segurança.

Trata-se da “apreensão de armas mais importante da história” da Argentina, com base em uma “megaoperação que permitiu identificar a ação de uma quadrilha dedicada ao tráfico de armas”, destacou o ministério, segundo a agência AFP.

“Temos um arsenal em Buenos Aires, outro em Rio Negro (sul) e outro em Córdoba (centro). Todas estas armas faziam uma triangulação: de Estados Unidos e Europa para a Argentina, onde eram montadas e seguiam para Pedro Juan Caballero, no Paraguai, para serem enviadas ao Brasil”, precisou o comunicado oficial.

A operação foi batizada de Palak, o nome do navio português que trazia os componentes das armas.

“Estamos falando de umas mil armas que eram montadas aqui, na Argentina”, declarou a ministra da Segurança, Patricia Bullrich.

Após ser montado na Argentina, o armamento era enviado ao Brasil utilizando uma empresa de transporte de passageiros do Paraguai.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...