- PUBLICIDADE -

Argentina fecha fronteiras e escolas por coronavírus

Argentina fecha fronteiras e escolas por coronavírus

- PUBLICIDADE -

Argentinos que estão fora do país poderão retornar para suas residências.   

Alberto Fernandez, presidente da Argentina, anunciou, neste domingo (15), o fechamento das fronteiras e de todas as escolas do país até o dia 31 de março.

A medida é uma forma de conter a disseminação da nova variante de coronavírus (Sars-CoV-2). 

Fernandez disse que as escolas permanecerão abertas para outras atividades, como a alimentação das crianças e adolescentes. 

Já os estrangeiros que estão no país poderão deixá-lo, pois os voos estão mantidos e as estradas liberadas. 

Segundo a agência ANSA, Fernandez declarou:

“Fechamos as fronteiras porque o coronavírus está começando a afetar os países de fronteira, não apenas os europeus, e porque, pelas fronteiras terrestres, chegam turistas que estão vindo de áreas de riscos.”

O Ministério da Saúde da Argentina anunciou, no domingo (15), que já são 56 os casos confirmados do Covid-19 no país, sendo que 70% deles foram registrados em Buenos Aires.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -