Português   English   Español

Armadas com fuzis, milícias chavistas prometem defender Maduro

Armados com fuzis milícias chavistas prometem defender Maduro

Centenas de chavistas, muitos armados, participaram de protesto nesta segunda-feira (7), em Caracas, para defender o ditador venezuelano Nicolás Maduro.

Os chamados “coletivos” fizeram um juramento simbólico a Nicolás Maduro, exibindo fotos do ditador e de seu finado antecessor, Hugo Chávez.

A manifestação aconteceu diante do Parlamento, controlado pela oposição e que declarou “ilegítimo e usurpador” o novo mandato.

Carros, motocicletas e caminhões, alguns carregando homens encapuzados e armados, cruzaram os subúrbios de Caracas para apoiar Maduro antes da posse, prevista para esta quinta-feira, no Tribunal Supremo de Justiça.

“Todos que têm colhões, fuzil na mão e dando a cara. Somos corpos combatentes, formados militarmente, armados para isto. Sem medo”, disse Jorge Navas, chefe de uma das milícias chavistas.

Os colectivos são grupos civis baseados em bairros populares, onde afirmam desenvolver atividades produtivas, mas que a oposição denuncia como paramilitares da ditadura, informa a “AFP“.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Assine nossa newsletter...

Inscreva seu e-mail para receber atualizações diárias com as últimas notícias do Brasil e do mundo.

Fique tranquilo(a), assim como você, odiamos spam :) Você poderá remover seu e-mail a qualquer momento.

Deixe seu comentário...

Veja também...