Armas químicas de Kim Jong-un são alvos de exercício militar dos EUA e Coreia do Sul

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

As forças sul-coreanas e dos EUA realizaram um exercício conjunto na semana passada para infiltrar a Coréia do Norte e remover armas de destruição em massa.

O exercício “Warrior Strike” foi realizado em Camp Stanley, localizado ao norte de Seul, e contou com a participação de centenas de soldados dos dois lados.

A Divisão de Infantaria norte-americana confirmou que o exercício foi observado com atenção por vários militares de renome, inclusive o general Vincent K. Brooks, comandante do exército dos EUA na Coréia, e o tenente-general Thomas S. Vandal, comandante do Oitavo Exército-Coréia.

Apesar das reclamações da Coreia do Norte contra os exercícios militares constantes, EUA e Coreia do Sul continuam se preparando para um eventual conflito contra a ditadura de Kim Jong-un.

Com informações de: (1)

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.