Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Armênia rejeita mediação da Rússia em conflito com Azerbaijão

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Armênia rejeita mediação da Rússia em conflito com Azerbaijão
COMPARTILHE

"Não é apropriado falar de uma reunião de cúpula Armênia-Azerbaijão-Rússia”, diz premiê armênio.

Nikol Pashinyan, primeiro-ministro da Armênia, afirmou, nesta terça-feira (29), que é prematuro pensar em negociar com o Azerbaijão com a mediação da Rússia.

Após o quarto dia de confrontos em Nagorno Karabakh, território separatista azerbaijano apoiado pela Armênia, o premiê declarou:

“Não é apropriado falar de uma reunião de cúpula Armênia-Azerbaijão-Rússia, no momento em que acontecem intensos combates.”

Moscou, que se considera uma espécie de árbitro regional, pediu o fim dos confrontos, assim como várias potências do Ocidente.

No entanto, segundo a agência France-Presse, o premiê da Armênia foi enfático:

“Para que aconteçam negociações precisamos de uma atmosfera e condições adequadas.”

Pashinyan acrescentou que que a Armênia e Nagorno Karabakkh não estão preparados para resolver este conflito “em detrimento de seus interesses nacionais e de sua segurança”.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram