Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Arqueólogos desenterraram famosa torre asteca de crânios humanos

Arqueólogos desenterraram famosa torre asteca de crânios humanos
Imagem: REUTERS/Henry Romero
COMPARTILHE

“Um dos achados arqueológicos mais impressionantes dos últimos anos em nosso país", diz ministra.

Arqueólogos desenterraram novas partes de uma torre de crânios humanos da civilização Asteca, que data de 1400, no centro da Cidade do México

A equipe descobriu a fachada e o lado leste da torre, assim como 119 crânios humanos de homens, mulheres e crianças. 

Os crânios somam-se aos outros encontrados anteriormente, de acordo com o Instituto Nacional de Antropologia e História (INAH). 

Imagem: PAU/INAH/Divulgação

A torre, com aproximadamente cinco metros de diâmetro, foi descoberta inicialmente há cinco anos. 

Em um comunicado do INAH, a ministra da Cultura mexicana, Alejandra Frausto, declarou: 

“O Templo Mayor continua a nos surpreender, e o Huey Tzompantli é sem dúvida um dos achados arqueológicos mais impressionantes dos últimos anos em nosso país.” 

Acredita-se que a descoberta seja parte do Huey Tzompantli, uma enorme variedade de crânios que amedrontou os conquistadores espanhóis quando eles capturaram a cidade sob Hernán Cortés em 1521. 

A estrutura cilíndrica fica próxima à enorme Catedral Metropolitana construída sobre o Templo Mayor, um dos principais templos da capital asteca, Tenochtitlán, atualmente Cidade do México.   

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários

PUBLICIDADE