- PUBLICIDADE -

Artista cubana é presa pela ditadura por divulgar protesto

Ditadura de Cuba ignora casamento gay em nova constituição

- PUBLICIDADE -

“Não há causas legais para sua detenção arbitrária. Isso é um sequestro”, diz a irmã da artista.

A artista Tania Bruguera foi presa pela polícia de Cuba, na última terça-feira (30), após anunciar nas redes sociais que participaria de um protesto contra a ditadura comunista.

A manifestação lembrou a morte do jovem negro Hansel Hernández Galiano por um policial e defendeu a libertação de ativistas cubanos presos nos últimos meses. 

Bruguera ficou desaparecida por dez horas após ser apreendida por autoridades cubanas no porão de seu prédio, localizado na capital Havana, informa o jornal Folha.

De acordo com uma carta escrita por sua irmã, Deborah, a artista foi presa enquanto saía de casa:

“Não se sabe qual autoridade a deteve. Não há causas legais para sua detenção arbitrária. Isso é um sequestro.”

Essa não foi a primeira vez que Bruguera foi detida pelas forças de segurança. Além de artista, ela é ativista e crítica da ditadura cubana.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -