Português   English   Español

As medidas de Sergio Moro para combater corrupção

As medidas de Sergio Moro para combater corrupção

O juiz federal Sergio Moro atribuiu sua decisão de trocar a Lava Jato pelo Ministério da Justiça à “perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado.”

A base da agenda de Sergio Moro é o pacote com 70 “novas medidas contra a corrupção”.

As medidas foram preparadas sob a coordenação da Fundação Getúlio Vargas e da Transparência Internacional. Contém projetos de lei e emendas constitucionais que deixam a maioria dos parlamentares com os “cabelos em pé”. Você pode conferido o conteúdo aqui.

O pacote do futuro ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro, entre outras coisas, segundo informações do Blog do Josias, “acaba com o fundão eleitoral, impõe limites ao autofinanciamento de campanhas políticas, submete partidos à lei sobre lavagem de dinheiro, reduz a abrangência do foro privilegiado e eleva as penas dos corruptos”.

“Proíbe a concessão de indulto ou anistia a condenados por corrupção, estende a exigência de ficha limpa a todo o serviço público, obriga a realização de concurso para o preenchimento dos chamados cargos comissionados”, acrescenta o jornalista Josias de Souza.

“Se ele conseguir aprovar essas medidas, a despeito do STF e do Congresso Nacional, o Brasil ganha algumas décadas”, notou apropriadamente O Antagonista.

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia

Deixe seu comentário

Veja também...