- PUBLICIDADE -

Assange deve ser expulso da embaixada do Equador nos próximos dias

- PUBLICIDADE -

Equador está se preparando para retirar a proteção diplomática concedida a Julian Assange, fundador da organização Wikileaks.

Julian Assange vive na embaixada equatoriana em Londres desde que fugiu da Suécia em 2012, após ser acusado de agressão sexual e violação.

Fontes próximas de Assange afirmam que os Estados Unidos estão ameaçando bloquear um empréstimo do FMI ao Equador como forma de pressão.

O Presidente equatoriano Lenín Moreno, eleito no ano passado, já deixou claro que não gosta do papel do país no assunto, tendo descrito Assange como um “pirata informático”, uma “pedra no sapato” e um “problema herdado” pela sua administração.

Moreno também terá ficado irritado com as queixas da Espanha depois de Assange manifestar o seu apoio aos movimentos separatistas da Catalunha.

Em resultado da crescente tensão, no início do ano, Assange ficou sem acesso à Internet e com drásticas restrições nas visitas que poderia receber.

 

Adaptação da fonte Expresso

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -