- PUBLICIDADE -

Assassino árabe condenado à prisão perpétua por matar colono judeu

Assassino árabe condenado à prisão perpétua por matar colono judeu

- PUBLICIDADE -

Centenas de milhares de colonos judeus vivem em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia.

Um tribunal de Israel condenou, nesta segunda-feira (25), um criminoso árabe à prisão perpétua pelo assassinato premeditado de um colono judeu na Cisjordânia.

Abed Hakim Assi, nascido em 1998, foi condenado à prisão perpétua e a pagar 258 mil shekels (67 mil euros) à viúva e aos filhos da vítima. 

Em fevereiro de 2018, o árabe esfaqueou Itamar Ben-Gal, 29 anos, em um ponto de ônibus em frente à colônia israelense de Ariel, informa o jornal Correio Braziliense.

Mais de 600 mil colonos judeus vivem em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia, onde há um total de três milhões de cidadãos da Palestina

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -