Assembleia da Venezuela ignora Maduro e inicia governo de transição

Idiomas:

Português   English   Español
Assembleia da Venezuela ignora Maduro e inicia governo de transição
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

A Assembleia Nacional da Venezuela classificou nesta terça-feira (15) Nicolás Maduro de usurpador e criou governo de transição.


A decisão ocorre cinco dias após Nicolás Maduro tomar posse para dar início a um novo mandato presidencial, que não é reconhecido por parte da comunidade internacional.

Entre as nações que não reconhecem o ditador da Venezuela estão o Brasil, os Estados Unidos e a União Europeia.

Assembleia não reconhece o mandato de Maduro porque o pleito em que ele foi reeleito foi alvo de boicote pela oposição em meio a denúncias de fraudes, informa a “Folha“.

Apesar da decisão da Assembleia Nacional desta terça-feira (15), o órgão atualmente não tem força política para impor a decisão ao ditador.

Mesmo assim, o presidente da Casa, Juan Guaidó, se declarou na última sexta-feira (11) como presidente interino do país, afirmando que ocuparia o cargo caso Maduro fosse afastado, conforme noticiou a RENOVA.

Newsletter RENOVA

Receba gratuitamente as principais notícias do Brasil e do Mundo por email.

Curta e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on reddit
Share on vk

Deixe seu comentário...

Veja também...