- PUBLICIDADE -

Assembleias de 16 estados são alvo de investigação por ‘esquema rachid’

Assembleias de 16 estados são alvo de investigação por ‘esquema rachid’

- PUBLICIDADE -

Deputados de pelo menos 16 assembleias legislativas são ou foram investigados por irregularidades cometidas nos últimos 16 anos relacionadas ao chamado “esquema rachid”.

A maioria dos procedimentos corre sob sigilo e apura suspeitas ou denúncias de repasse de parte dos salários ou benefícios a parlamentares e da contratação de “funcionários fantasmas”.

Este tipo de esquema fraudulento acontece quando funcionários de gabinetes são instados a devolver uma parte do salário que recebem ao deputado estadual como contrapartida à própria contratação.

Um levantamento feito pelo jornal “Estadão” mostra que em São Paulo, por exemplo, pelo menos cinco deputados estaduais são alvo de investigação por apropriação de salários.

Casos desse tipo ganharam projeção após relatório do Coaf sobre as movimentações financeiras atípicas de funcionários e ex-funcionários da Alerj, entre eles Fabrício Queiroz, o ex-assessor do senador eleito Flávio Bolsonaro.

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -