Assessor conta por que trocou Geraldo Alckmin por Jair Bolsonaro

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ex-assessor especial para o agronegócio de Geraldo Alckmin agora é o homem forte de Jair Bolsonaro no campo.

O produtor de grãos Frederico D’Ávila, de 40 anos, irmão de Luiz Felipe D’Ávila, coordenador de campanha do tucano à presidência, explicou porque trocou Alckmin por Bolsonaro.

Diretor da Sociedade Rural Brasileira e possível candidato a deputado pelo PSL, Frederico disse que os ruralistas se aproximaram de Bolsonaro pelas propostas de segurança nas áreas rurais, maior flexibilidade nas questões ambientais e o fim da demarcação de terras indígenas e quilombolas.

‘Alckmin e nenhum outro candidato se posiciona sobre essas questões. Apenas Bolsonaro é firme sobre essas demandas do produtor rural’, afirmou Frederico D’Ávila.

Antes de trocar de presidenciável, D’Ávila alertou Alckmin para o que ele considera acenos do tucano à esquerda.

Um deles foi a permissão de feira de produtos cultivados em assentamentos do MST no Parque Estadual da Água Branca, idealizado pela Sociedade Rural Brasileira.

O ruralista declarou:

O parque é um templo sagrado ruralista. Para nós, foi um soco no estômago. O Alckmin quer agradar todo mundo e desagrada quem está com ele. Nós (os ruralistas) perdemos o entusiasmo com ele por falta de posicionamento.

 

Com informações de O Antagonista

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.