Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Assessor de Pezão quer explicações sobre a distância de Gilmar

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Assessor de Pezão quer explicações sobre a distância de Gilmar

Luiz Carlos Vidal Barroso, ex-funcionário do governo do Rio, é acusado de operar propinas para o ex-governador Luiz Fernando Pezão (MDB).

O ex-assessor de Luiz Fernando Pezão pediu uma apuração ao Supremo Tribunal Federal (STF) sobre os motivos que levaram casos da Lava Jato a deixarem de ser distribuídos por prevenção ao ministro Gilmar Mendes.

Preso na Operação Boca de Lobo, ramificação da Lava Jato, Luiz Carlos Vidal Barroso teve seu pedido de liberdade negado pelo ministro Alexandre de Moraes, do STF, e agora quer uma “apuração” sobre a distribuição de processos na Corte.

Luizinho, como é apelidado, foi funcionário da Casa Civil e da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Ele é réu por corrupção passiva e organização criminosa, informa o portal R7.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email