Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Associação de membros do MP repudia inquérito das fake news

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Órgão internacional alerta para decisão do STF sobre COAF

A “nota à sociedade” da Associação MP Pró-Sociedade foi compartilhada nas redes sociais. 

A Associação Nacional de Membros do Ministério Público Pró-Sociedade publicou, nesta quarta-feira (27), uma nota contra “as ofensas aos Direitos Humanos protagonizadas no inconstitucional” inquérito das fake news, cujo relator é o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para a associação, o combate à censura é uma forma de “defender que todos possam se expressar livremente”.

“Assim sendo, repudiamos as medidas violadoras de direitos e garantias individuais, contidas em um inquérito inconstitucional, praticadas contra quem opinou publicamente em exercício regular de direito”, acrescentou a nota.

O texto termina com trecho de música de Chico Buarque e Gilberto Gil sobre a censura do período do regime militar. “Pai, afasta de mim esse cale-se”.

Confira a íntegra da nota do MP Pró-Sociedade:

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email