Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Associação de membros do MP repudia inquérito das fake news

Órgão internacional alerta para decisão do STF sobre COAF
COMPARTILHE

A “nota à sociedade” da Associação MP Pró-Sociedade foi compartilhada nas redes sociais. 

A Associação Nacional de Membros do Ministério Público Pró-Sociedade publicou, nesta quarta-feira (27), uma nota contra “as ofensas aos Direitos Humanos protagonizadas no inconstitucional” inquérito das fake news, cujo relator é o ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF).

Para a associação, o combate à censura é uma forma de “defender que todos possam se expressar livremente”.

“Assim sendo, repudiamos as medidas violadoras de direitos e garantias individuais, contidas em um inquérito inconstitucional, praticadas contra quem opinou publicamente em exercício regular de direito”, acrescentou a nota.

O texto termina com trecho de música de Chico Buarque e Gilberto Gil sobre a censura do período do regime militar. “Pai, afasta de mim esse cale-se”.

Confira a íntegra da nota do MP Pró-Sociedade:

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários