Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Astrônomos do Brasil descobrem 25 aglomerados estelares

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Astrônomos do Brasil descobrem 25 aglomerados estelares
COMPARTILHE

“Nós, brasileiros, somos capazes de desenvolver técnicas que são de primeira linha nas pesquisas mundiais”, diz pesquisador.

Um grupo de pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) encontrou 25 aglomerados estelares até então desconhecidos. 

A pesquisa foi conduzida somente com a supervisão humana e com o satélite Gaia, da Agência Espacial Europeia (ESA), informa a revista Exame.

O diretor do Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, e professor da UFMG, Wagner Corradi, declarou:

“Nosso trabalho é um trabalho de detetive de conseguir reconhecer o objeto.”

Corradi enfatizou que a inteligência artificial não foi utilizada para fazer a descoberta:

“Outros pesquisadores pegam o computador e configuram tudo, o computador procura de forma cega, e eventualmente acha muita coisa, mas perde muita coisa também. A gente fez de maneira supervisionada. Usamos os computadores para armazenamento dos dados, mas guiamos nossos passos com a perspicácia humana.”

O cientista acrescentou:

“À medida que vamos estudando isso, beneficiamos também toda a comunidade científica, você desenvolve equipamentos muito sensíveis, técnicas que são utilizadas em muitas outras situações. Com a pesquisa, produzimos um volume de dados muito grande. Mais importante e tão importante quanto coletar os dados é você analisá-los, é você ter técnicas para tirar o que os dados têm de melho.”

E completou:

“A gente mostra para o mundo que nós, brasileiros, somos capazes de desenvolver técnicas que são de primeira linha nas pesquisas mundiais e achar coisas que ninguém mais está achando.”

- PUBLICIDADE -
Error: Embedded data could not be displayed.
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM
Error: Embedded data could not be displayed.