PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Astrônomos rastreiam origem misteriosa de sinal de rádio

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Algumas das suposições que os cientistas tinham sobre o fenômeno estão sendo desafiadas por uma nova descoberta.

As “explosões rápidas de rádio” (FRBs, ou “Fast Radio Bursts”) são um dos fenômenos cósmicos que mais intrigam astrônomos mundo afora.

As FRBs são fontes ultra-rápidas de radiação eletromagnética de altíssima intensidade, com energia equivalente a 500 milhões de sóis e duração de apenas alguns milissegundos, registra o site Olhar Digital.

Após emitir quatro sinais em cerca de 5 horas, os cientistas identificaram a fonte de um novo sinal, batizado de FRB 180916, como uma região de sete anos-luz de diâmetro na galáxia espiral SDSS J015800.28+654253.0.

Esta galáxia está detectada a meio bilhão de anos-luz da Terra, o que o torna esta FRB mais próxima já detectada.

O novo sinal não permite determinar com exatidão o que causa este fenômeno, mas abre caminho para eliminação de algumas possibilidades.

Ramesh Karuppusamy, do Instituto Max Planck de Radioastronomia, na Alemanha, declarou:

“Com a caracterização dessa fonte, o argumento contra pulsares como origem para as FRBs repetidas está ganhando força.”

E acrescentou:

“Estamos prestes a identificar novas fontes graças aos próximos radiotelescópios que entrarão em operação. Isso finalmente nos permitirá estabelecer a verdadeira natureza dessas fontes”.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.