- PUBLICIDADE -

Ataque aéreo dos EUA mata 4 terroristas na Líbia

- PUBLICIDADE -

O exército dos Estados Unidos se responsabilizou nesta quarta-feira (7) pela morte ontem de quatro terroristas do grupo Estado Islâmico (EI) na Líbia.

Os jihadistas morreram como consequência de “um ataque aéreo de precisão em coordenação com o Governo Líbio do Acordo Nacional (GNA)”.

O bombardeio, do qual “por enquanto” não se tem conhecimento de que tenha causado vítimas civis, aconteceu nas proximidades da cidade de Beni Walid, no noroeste do país, segundo afirmou o Comando dos Estados Unidos para a África (Africom) em comunicado.

De acordo com informações do BOL:

“Os Estados Unidos não retrocederão em seu objetivo de degradar, perturbar e destruir organizações terroristas e de trazer estabilidade à região. Estamos decididos a manter a pressão sobre a rede de terror e a evitar que os terroristas possam encontrar refúgio”, acrescentou a nota.

Anteriormente, as autoridades líbias tinham informado à Agência Efe de um ataque aéreo na madrugada passada em Beni Walid, no qual quatro supostos membros do EI morreram, entre eles um “emir” da organização.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -