- PUBLICIDADE -

Ataque contra igreja cristã mata ao menos 6 na Burkina Fasso

Ataque contra igreja cristã mata ao menos 6 na Burkina Fasso
- PUBLICIDADE -

Mais um episódio de intolerância religiosa contra cristãos foi registrado no último final de semana.

Um atentado terrorista contra uma igreja protestante na Burkina Fasso, país localizado na África, deixou ao menos seis mortos neste domingo (28).

Extremistas abriram fogo contra fiéis durante o culto em um templo evangélico em Silgadji, no norte do país.

O pastor Pierre Ouedraogo, dois de seus filhos e outras três pessoas, morreram no ataque. Os terrorista fugiram para o Mali.

Segundo a agência ANSA, esse é o primeiro ataque contra uma igreja cristã desde a eclosão da violência jihadista na Burkina Fasso, em 2016, período no qual o país convive com grupos ligados à Al Qaeda e ao Estado Islâmico. A milícia mais forte, no entanto, é a Ansarul Islam (Defensores do Islã), que também atua no Mali.

No último domingo de Páscoa, terroristas islâmicos assassinaram mais de 250 pessoas em diversas explosões no Sri Lanka.

A associação Portas Abertas, fundada em 1955, publica a cada ano o índice mundial de perseguição contra cristãos.

O índice do ano de 2019, segundo a RENOVA, mostra que entre o dia 1º de Novembro de 2017 e 31 de Outubro de 2018, 245 milhões de cristãos foram fortemente perseguidos.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -