- PUBLICIDADE -

Ataque terrorista do Estado Islâmico deixa 11 mortos nas Filipinas

- PUBLICIDADE -

O grupo terrorista Estado Islâmico detonou uma van-bomba nos arredores de um posto de verificação militar no sul das Filipinas nesta terça-feira (31) deixando 11 mortos.

A detonação ocorreu em Basilan, ilha que abriga o grupo jihadista Abu Sayya, conhecido por seus sequestros, e que foi o lar do antigo “emir” do Estado Islâmico no sudeste asiático, morto por tropas filipinas no ano passado.

Um terrorista, um soldado, cinco paramilitares e quatro civis, incluindo uma mãe e seu filho, morreram, e sete pessoas ficaram feridas na explosão, disse um porta-voz do Exército.

O uso de carros-bomba é extremamente raro nas Filipinas, apesar das décadas de violência separatista e islâmica que desestabilizou a região de Mindanao e atraiu extremistas estrangeiros.

Em comunicado emitido por sua agência de notícias Amaq, o Estado Islâmico reivindicou responsabilidade pelo ataque, que chamou de “operação de martírio”.

 

Adaptado da fonte Reuters

PUBLICIDADE

- PUBLICIDADE -

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -

- PUBLICIDADE -