Ataques do Estado Islâmico deixam 32 mortos na Síria

Idiomas:

Português   English   Español
Ataques do Estado Islâmico deixam 32 mortos na Síria
TARCISO MORAIS
TARCISO MORAIS
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Ao menos 32 combatentes morreram durante ataques do grupo Estado Islâmico (EI) contra as Forças Democráticas Sírias (FDS), uma aliança curdo-árabe apoiada pelos Estados Unidos, no leste da Síria.

Os contra-ataques lançados pelo Estado Islâmico no domingo (6), aproveitando uma tempestade de areia e as más condições climáticas, causaram a morte de 23 combatentes das FDS, enquanto nove combatentes extremistas também morreram.

Apoiada pela coalizão internacional dirigida pelos Estados Unidos, as FDS lançaram em setembro uma ofensiva contra o último reduto do EI na província leste de Deir Ezzor, não distante da fronteira com o Iraque.

Nas últimas semanas, o avanço das FDS foi freado por mortais contra-ataques do EI, que soube aproveitar o tempo ruim.

Os confrontos duraram toda a noite de domingo, mas na segunda-feira de manhã as milícias curdas voltaram à ofensiva, recuperando as posições perdidas.

Pelos poucos efetivos que tem, o EI não conseguiu consolidar o controle de suas posições, registra a “AFP“.

Curta, siga e compartilhe...

Share on whatsapp
Share on telegram
Share on google
Share on pinterest
Share on linkedin
Share on email
SIGA A RENOVA NO TWITTER

Deixe seu comentário...

Veja também...