Ataques terroristas diminuíram desde que Trump assumiu os EUA

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O número de ataques terroristas diminuiu 23% em nível mundial em 2017, o primeiro ano de governo do presidente norte-americano Donald Trump.

As mortes provocadas por terroristas também caíram 27% em relação a 2016.

Os Estados Unidos relacionaram os números positivos com a redução da violência no Iraque, de acordo com o relatório anual sobre terrorismo do Departamento de Estado americano divulgado na quarta-feira (19).

Outros países que viram uma diminuição no número de ataques entre 2016 e 2017 foram Turquia (71%), Iêmen (62%) e Síria (61%).

De acordo com o documento, o Estados Islâmico continuou sendo responsável por mais ataques e mortes do que qualquer outro grupo terrorista em 2017, mas reduziu em 23% o número de atos e provocou 53% menos vítimas quando os dados são comparados com ações de 2016.

Os EUA contabilizaram atentados do EI e grupos filiados em 20 países em 2017, período no qual teve especial força no Afeganistão, Paquistão, Egito e na região da África Ocidental.

Durante o ano passado, com a perda de território no Iraque e na Síria, o grupo jihadista começou a inovar usando “técnicas próprias de insurgência”.

Ainda de acordo com o documento oficial, em 2017 foram contabilizados 8.584 ataques terroristas em todo o mundo. Essas ações provocaram 18.700 mortes e deixaram mais de 19.400 feridos.

 

Adaptado da fonte Estadão

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.