- PUBLICIDADE -

Até mesmo a grande mídia diz que Omarosa não tem credibilidade

- PUBLICIDADE -

Até mesmo os jornalistas da grande mídia dos Estados Unidos criticaram duramente a ex-participante de “O Aprendiz”, Omarosa Manigault, por gravar secretamente conversas no Salão Oval e na Sala de Situação da Casa Branca.

O Partido Republicano divulgou na segunda-feira (13) uma compilação de vários jornalistas da “MSNBC” e da “CNN” criticando Omarosa Manigault por gravar secretamente conversas na Casa Branca e por ter falado em fitas com Donald Trump proferindo um insulto racista sem ter como apresentar evidências da alegação.

“Omarosa é inacreditável, sem credibilidade, antiética”, diz a legenda do vídeo.

Por incrível que pareça, até mesmo jornalistas esquerdistas como April Ryan e Brian Stelter, da CNN, foram ao Twitter para condenar a ex-participante de “O Aprendiz”.

Omarosa! Ouvi dizer que você me mencionou no Meet The Press. Não se feria a mim ou use meu nome. Mantenha meu nome fora de sua boca. Você fez o suficiente. Suas mentiras e comportamento louco estão infectando você. Você consegue dizer Violação da Segurança Nacional? Advogado!

Algumas das coisas que ela escreveu são simplesmente inacreditáveis. Existem erros básicos no texto…

A apresentadora da Fox News, Dana Perino, também disse algumas palavras sobre a ex-funcionária da Casa Branca.

O livro de Omarosa será esquecido – seu comportamento desprezível não.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -