Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Até o papa Francisco rejeitou diálogo com Nicolás Maduro

Até o papa Francisco rejeitou diálogo com Nicolás Maduro
COMPARTILHE

O chefe do Vaticano enviou uma dura resposta ao pedido de mediação feito pelo ditador venezuelano Nicolás Maduro.

O documento enviado pelo papa Francisco foi obtido pelo jornal italiano Corriere della Sera e publicado nesta quarta-feira (13).

Na foto publicada pelo periódico, é possível ler no cabeçalho da carta que ela é dirigida a “Sua Excelência o Sr. Nicolás Maduro”, sem se referir a ele como presidente da Venezuela.

O porta-voz interino do Vaticano, Alessandro Gisotti, não confirmou nem negou o envio da carta, que é data de fevereiro.

Segundo a carta, o papa Francisco lamentou:

“Infelizmente todas as tentativas [de mediação] foram interrompidas porque o que foi decidido nas reuniões não foi seguido por gestos concretos para alcançar os acordos.”

Na carta, de acordo com a Folha, o papa lembra que o Vaticano esteve envolvido no passado sem sucesso em outras tentativas de mediação e adverte Nicolás Maduro, com um tom elegante, que, embora sempre tenha apoiado o diálogo, exige que esse diálogo tenha como objetivo, “acima tudo, o bem comum”.

O conteúdo do texto é uma resposta dura e decisiva do papa Francisco ao pedido de mediação feito no início de fevereiro por Maduro para interceder na crise venezuelana, conforme noticiou a RENOVA.

PUBLICIDADE

TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Comentários_

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião da RenovaMídia.

Ao comentar você concorda com nossos termos de uso e política de privacidade.

Assinar
Notificar quando
guest
0 Comentários
Feedbacks em linha
Ver todos os comentários