Português   English   Español
Português   English   Español

Até o Partido Comunista da Venezuela rompeu com Maduro

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Até o Partido Comunista da Venezuela rompeu com Maduro

Maduro está cada vez mais isolado na Venezuela. Nem mesmo o PCV permanece como aliado.

O secretário-geral do Partido Comunista da Venezuela (PCV), Óscar Figueroa, denunciou o ditador Nicolás Maduro por não cumprir com parte do acordo estabelecido com a legenda durante as fraudulentas eleições de 2018.

Os comunistas alegam que o Acordo Unitario Marco, que tem 18 pontos estabelecidos entre PCV e o Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), de Maduro, não foi cumprido em sua totalidade.

Figuera disse ainda que é necessário investigar a morte do capitão Rafael Acosta Arévalo e “qualquer feito que possa ser vinculado a violações dos direitos humanos”, informa o jornal Gazeta do Povo.

O governo dos Estados Unidos anunciou, nesta quinta-feira (11), a aplicação de sanções à Direção Geral de Contra-Inteligência Militar (DGCIM) da Venezuela.

A medida é uma resposta ao assassinato do militar Arévalo, que foi preso e torturado naquele centro sob acusação de conspirar contra o ditador Maduro.

Compartilhe...

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email

CANAL TELEGRAM

Acompanhe todas as notícias através do nosso canal no Telegram.

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...