Atentado contra reunião de religiosos deixa 7 mortos no Afeganistão

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Ao menos sete pessoas morreram e várias ficaram feridas em um atentado suicida contra uma reunião de ulemás em Cabul, capital do Afeganistão.

O ataque aconteceu pouco depois do grupo de religiosos ter classificado como pecados os atos terroristas.

‘As informações preliminares indicam que o ataque suicida aconteceu quando os convidados estavam deixando o local da reunião. Sete pessoas morreram, incluindo um policial. Outras nove ficaram feridas’, afirmou o porta-voz da polícia, Hashmat Stanikzai.

De acordo com informações do Sete pessoas morreram, incluindo um policial. Outras nove ficaram feridas:

O porta-voz do ministério do Interior, Najib Danish, anunciou em um primeiro momento que o ataque deixara 12 mortos e feridos. Ele disse que o homem-bomba chegou a pé ao local do atentado.

O criminoso detonou os explosivos do lado de fora da tenda em que acontecia a reunião, um local conhecido como Loya Jirga, ou “grande conselho”, onde acontecem encontros da cúpula do clero e de funcionários do governo, indicou Stanikzai.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.