Atentado na fronteira da Colômbia mata militares do Equador

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

O ataque ocorreu na província costeira de Esmeraldas, na fronteira com o departamento colombiano de Nariño, onde em janeiro passado atentados contra a força pública deixaram 32 feridos.

Três militares equatorianos morreram e outras sete pessoas ficaram feridas nessa terça-feira (20) na explosão de uma bomba artesanal na fronteira com a Colômbia, em um atentado contra uma patrulha.

A secretaria de Comunicação do Equador informou:

Esta manhã, uma patrulha que realizava operações de vigilância e controle da fronteira norte, no setor de Mataje, foi atingida pela explosão de um artefato explosivo artesanal colocado à beira de uma estrada. Produto do fato se registrou a lamentável morte de três membros das Forças Armadas (…) e até o momento foram reportadas sete pessoas feridas.

O presidente Lenín Moreno “rejeitou o ato violento” ocorrido em Mataje em meio à campanha contra “o crime organizado e a delinquência comum”.

‘Nossa solidaridade para com as famílias dos 3 membros das Forças Armadas do Equador que perderam a vida defendendo a paz e a Pátria’, declarou Moreno.

Em 27 de janeiro ocorreu um incomum ataque com carro-bomba contra um posto da polícia que deixou 28 feridos, entre militares e civis, que foi qualificado de “ato terrorista” pelo governo equatoriano.

O atentado foi atribuído pelas autoridades equatorianas a dissidentes da ex-guerrilha colombiana das Farc a serviço dos cartéis mexicanos do narcotráfico que operam na fronteira entre Colômbia e Equador.

Com informações de: [CB]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email

Newsletter

Receba as principais notícias do dia, assine nossa newsletter gratuita.