- PUBLICIDADE -

Ativista britânico Tommy Robinson em liberdade condicional

- PUBLICIDADE -

A Justiça do Reino Unido decretou a liberdade condicional de Tommy Robinson nesta quarta-feira (1).

Ele é fundador da Liga de Defesa Inglesa (EDL), classificada pela grande mídia como uma organização de extrema-direita.

Um tribunal de Apelação de Londres anulou a condenação de 13 meses de prisão de Tommy Robinson por desacato à Justiça e ordenou que se repita o julgamento. Até lá, ele ficará em liberdade condicional.

O ativista foi preso por filmar membros muçulmanos de uma gangue islâmica de aliciamento de crianças diante de um tribunal durante o julgamento dos indivíduos. Segundo as autoridades, atos dessa natureza estavam proibidos para velar pela imparcialidade do processo.

Grandes nomes da direita da Inglaterra denunciaram a condenação de Tommy Robinson como um nítido ataque à liberdade de expressão.

O caso do britânico chamou muito atenção também nos Estados Unidos. Donald Trump Jr., filho do presidente americano, e Steve Bannon, ex-conselheiro estratégico da Casa Branca, publicaram demonstrações de apoio a Robinson.

 

Adaptado da fonte Isto É
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -