PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Ativista denuncia guerra suja contra o povo da Nicarágua

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

A ex-modelo nicaraguense e ativista dos direitos humanos, Bianca Jagger, acusou o presidente Daniel Ortega de dirigir “uma guerra suja” contra os participantes de uma onda de protestos que já deixou mais de 80 mortos.

“Aqui o que temos é uma guerra suja” contra estudantes e uma população civil desarmada.  “Aqui não temos uma revolução sandinista, temos uma demanda cívica” de justiça e democracia, disse Bianca em entrevista coletiva em um hotel de Manágua.

A ex-mulher do líder dos Rolling Stones, Mick Jagger, disse que o governo de Ortega “está matando (os jovens) como cachorros” com forças antimotins, “preparadas como em uma guerra”.

De acordo com informações do Estadão:

A ativista participou da apresentação de um relatório da Anistia Internacional (AI), que documenta a violência e o uso de grupos paramilitares afins ao governo para reprimir os protestos iniciados em 18 de abril.

Assegurou que os jovens que protestam nas ruas e nas universidades buscam que a Nicarágua tenha eleições livres e que Ortega e sua mulher, que também é vice-presidente, Rosario Murillo, deixem o poder.

“O momento chegou para que peçamos e obtenhamos justiça (…) Hoje digo a vocês que a única solução que existe para a Nicarágua é que Daniel Ortega e Rosario Murillo se vão”, destacou.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
Compartilhar no email
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!
PUBLICIDADE. ANUNCIE AQUI!

Encontrou um erro?

Para comunicar um erro de português, de informação ou técnico, preencha o formulário abaixo.