Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

Ativistas conservadores agredidos na Faculdade de Direito da USP

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Ativistas conservadores agredidos na Faculdade de Direito da USP

“Nojo”, enfatizou o titular do MEC sobre a agressão contra ativistas conservadores em São Paulo.

Membros do Movimento Conservador foram agredidos quando acompanhavam um debate na Faculdade de Direito da USP sobre o projeto Escola sem Partido. 

O ataque aconteceu na cercania da universidade, no largo São Francisco, no centro de São Paulo, na noite desta segunda-feira (14).

André Almeida, 34 anos, e uma mulher contam que saíram do prédio da faculdade para ir comer em uma lanchonete próxima, quando um grupo de “quatro ou cinco” pessoas começou a agredi-los.

Em postagem no Twitter, o deputado estadual Douglas Garcia (PSL-PS) compartilhou mais informações sobre o assunto e uma foto do ativista sangrando após a agressão.

Na mesma rede social, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, ficou enojado com o ataque. “Lembro da lista feita para separar judeus, evangélicos e liberais dos ‘bons’ calouros, igual a um campo de concentração”, escreveu. 

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email