Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch
Português  English  Español  Italiano  Français  Deutsch

Atletas da Austrália preocupadas com transgêneros no esporte feminino

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia
Tamsyn Lewis
Tamsyn Lewis

“Realmente me preocupa”, diz uma renomada atleta australiana sobre a participação de transgêneros no esporte feminino.

Um prestigiada esportista de atletismo da Austrália demonstrou preocupação com os resultados de um atleta transgênero dos Estados Unidos que acabou de vencer um campeonato nacional feminino.

Cece Telfer, 21 anos, sempre competiu com outros homens, mas não se destacava. Agora, disputando com outras mulheres tem chamado atenção internacional pela quebra de recordes no campeonato universitário de atletismo americano.

Tamsyn Manou, uma vitoriosa atleta australiana, disse que é preocupante o fato de mulheres não se sentirem confortáveis para falar sobre este tipo de assunto.

Em conversa com o radialista Ben Fordham, no último dia 30 de maio, Manou declarou:

“No momento, a categoria feminina não está sendo protegida o suficiente. Eu sei que é uma área cinzenta, mas realmente me preocupa.”

A esportista acrescentou:

“Acho que é importante que as pessoas entendam que não se trata de identidade de gênero. Esta é uma questão que está relacionada sobre como você nasceu, sobre qual é seu sexo biológico. Há muitas vantagens para um homem competindo contra uma mulher.”

Jane Flemming, uma atleta australiana aposentada, também falou sobre o assunto durante o programa na rádio:

“Eles [os homens] têm uma maior oxigenação sanguínea, então eles carregam mais oxigênio do que uma mulher. Eles têm uma maior força óssea, enquanto muitas atletas femininas de prova de distância e resistência passam por muitos problemas ósseos devido ao volume de treinamento que precisam fazer.”

Por aqui no Brasil, os recordes quebrados pelo transgênero Cece também chamaram a atenção da medalhista olímpica Ana Paula Henkel.

“O esporte feminino vai acabar e NINGUÉM está protegendo as mulheres”, disse a ex-atleta do vôlei feminino em mensagem publicada no Twitter.

Compartilhe

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email