- PUBLICIDADE -

Atlético Mineiro abraça a tokenização

Foto: Washington Alves - Pool/Getty Images
- PUBLICIDADE -

Todos os cards dos jogadores do clube de MG já geraram uma boa receita.

A entrada do clube Atlético-MG no mercado de tokens não-fungíveis (NFT) já está gerando bons resultados financeiros.

A equipe mineira fechou uma parceria com a Sorare, uma plataforma internacional de fantasy game que negocia cards de jogadores de futebol. 

Através da Sorare, usuários do mundo inteiro podem “adquirir” os jogadores do Atlético-MG em seus times, participando de ligas online que dão prêmios para os melhores colocados.

À medida que os atletas ganham maior destaque no mundo real, os seus respectivos cards adquirem maior valorização na plataforma. 

Dessa forma, os donos dos cards podem revendê-los, conseguindo lucrar na operação.

Já estamos vendo exemplos com grandes promessas do Atlético-MG. 

O jogador Echaporã, por exemplo, que é considerado uma joia da base do time, teve seu card vendido por 500 euros.

No total, todos os cards dos jogadores do clube de Minas Gerais já geraram uma receita acima de R$ 1,4 milhão.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -