Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch

‘Ato covarde de agressão’, diz Síria sobre morte de Soleimani

Tarciso Morais

Tarciso Morais

‘Ato covarde de agressão’, diz Síria sobre morte de Soleimani
Imagem: Reprodução/CNN
COMPARTILHE

Assad classificou o ataque dos EUA como um “ato traiçoeiro e covarde de agressão da América”.

Bashar al-Assad, líder do regime da Síria, classificou o ataque dos Estados Unidos, nesta quinta-feira (2), contra o general iraniano Qassem Soleimani, como um “ato de agressão traiçoeiro e covarde”. 

Em uma mensagem enviada ao líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, e ao presidente iraniano Hassan Rouhani, Assad declarou:

“Nos doeu e magoou as notícias sobre o martírio de um grupo de líderes da resistência liderado pelo major-general Qasem Soleimani, o principal da brigada de al-Quds, devido a esse ato traiçoeiro e covarde de agressão da América.”

O ataque aéreo contra alvos nos arredores do aeroporto de Bagdá foi ordenado pelo próprio presidente norte-americano Donald Trump.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram