Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
Português   English   Español   Italiano   Français   Deutsch
- PUBLICIDADE -

Atos do 15 de março querem a destruição do Brasil, diz Witzel

Tarciso Morais

Tarciso Morais

Wilson Witzel perde apoio da bancada do PSL na Alerj
Imagem: Fernando Frazão/Agência Brasil
COMPARTILHE

“É um movimento destrutivo”, diz Witzel sobre os atos convocados para o dia 15 de março.

Wilson Witzel, governador do Rio de Janeiro, afirmou, nesta quinta-feira (27), que as manifestações convocadas para o dia 15 de março buscam a “desconstrução do País”.

Em Washington, onde participou de evento organizado na American University, Witzel disse classificou os atos como um “movimento destrutivo”:

“Se o presidente tem conhecimento ou não, eu não perguntei a ele, mas nós vamos fazer uma ilação de que ele tem conhecimento de que esse movimento é um movimento destrutivo, não é um movimento construtivo.”

Segundo o jornal Estadão, Witzel ainda disse que o presidente da República, Jair Bolsonaro, apoiar um “movimento destrutivo da democracia”  é “evidentemente” uma “afronta à Constituição”.

Ainda durante o evento, como noticiou a RENOVA, o governador fluminense defendeu a abertura de um processo de impeachment contra Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -
TÓPICOS
COMPARTILHE
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no email
VEJA TAMBÉM