Atriz pornô Stormy Daniels presa em clube de striptease

A atriz pornô Stormy Daniels, que briga na Justiça com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, foi presa em um clube de “striptease”, em Ohio, por permitir ser tocada por um cliente, algo que em muitos estados do país está proibido.

O advogado Michael Avenatti denunciou no Twitter que o motivo da detenção é uma “montagem” e que a operação tem “motivação política”.

Ele declarou:

Stormy Daniels foi detida realizando o mesmo show feito em quase 100 clubes de ‘striptease’ em todo o país. Isto foi uma montagem e motivado politicamente. Cheira a desespero. Vamos lutar contra todas as acusações falsas.

E acrescentou:

Ela foi presa por supostamente permitir que um cliente a tocasse no palco de maneira não sexual. Vocês estão brincando? Vocês dedicam recursos para operações secretas para isto? Tem que ter maiores prioridades!

Além disso, Avenatti disse esperar que Stormy saia “em breve” da cadeia sob fiança e acusada de um crime menor por se permitir ser tocada.

 

Com informações de BOL
Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia