- PUBLICIDADE -

Atuação das Forças Armadas nas fronteiras do Brasil deve aumentar

Atuação das Forças Armadas nas fronteiras do Brasil deve aumentar
- PUBLICIDADE -

Plano de segurança da equipe de Bolsonaro prevê Forças Armadas mais atuantes nas fronteiras.

A equipe de segurança pública do governo Bolsonaro prevê uma presença maior das Forças Armadas na repressão ao crime organizado na fronteira do Brasil com países da América Latina.

A ideia é um dos pontos previstos nas 50 páginas de propostas para a segurança pública enviadas ao presidente eleito Jair Bolsonaro, por meio do general da reserva Augusto Heleno, por um grupo informal de apoiadores civis e militares do presidente eleito.

O plano encaminhado ao presidente eleito lista medidas e em quanto tempo elas podem ser adotadas, variando de meses a anos.

O trabalho da fiscalização nas fronteiras é considerado central para impedir entrada de armas e drogas destinadas principalmente ao Rio de Janeiro e a São Paulo.

Para os consultores, a FAB (Força Aérea Brasileira) teria o papel mais efetivo nesse aspecto, por meio de fiscalização do espaço aéreo e da análise de imagens de satélite com o objetivo de impedir entrada de aviões e barcos.

 

Adaptado da fonte Folha
PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -