- PUBLICIDADE -

Augusto Heleno rebate acusações de Sara Winter

Augusto Heleno rebate acusações de Sara Winter

Winter disse que foi proibida pelo general Heleno de “gritar com a imprensa".

- PUBLICIDADE -

O ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI), general Augusto Heleno, rebateu, nesta segunda-feira (5), as acusações da militante direitista Sara Winter.

Em seu perfil no Facebook, Winter disse que foi proibida pelo militar de “gritar com a imprensa, de mandá-los embora [da entrada do Palácio da Alvorada], de gritar ‘Globo lixo’”.

Através do Twitter, Heleno confirmou o encontro com Winter, mas afirmou que o diálogo foi “amistoso, educado e produtivo”:

“Em maio, recebi Sara Winter e alguns membros dos ‘300 do Brasil’. Travamos um diálogo amistoso, educado e produtivo. Objetivo era aconselhá-los a moderar suas posições e colaborar com a segurança de todos na porta do Alvorada. Não houve qualquer tipo de discórdia, reprimenda ou ameaça.”

No período em questão, veículos de imprensa interromperam, temporariamente, a cobertura na porta do Palácio do Alvorada, em Brasília, em razão do atrito com apoiadores do presidente da República, Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -