- PUBLICIDADE -

Aula presencial é insubstituível, diz ministro da Educação

Aula presencial é insubstituível, diz ministro da Educação
Foto: Catarina Chaves/Ministério da Educação
- PUBLICIDADE -

“A educação precisa ser presencial”, diz Ribeiro.

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, afirmou, nesta quinta-feira (3), que é a favor de manter as escolas abertas durante a pandemia de coronavírus

Durante live nas redes sociais, ao lado presidente da República, Jair Bolsonaro, o chefe do MEC declarou:

“Aula presencial e a atuação professor na sala de aula são insubstituíveis, tanto é que em março eu fiz uma portaria para o retorno às aulas.”

Ribeiro acrescentou:

“E em outubro de 2020 eu fiz um pedido à Casa Civil — já que era uma grande desculpa para não ter aula era que não tinha vacinação –, eu já fiz um pedido para ter os profissionais da Educação como prioridade.”

O ministro da Educação completou:

“É claro que, agora, vamos ter que rodízio híbrido, mas a educação precisa ser presencial. Volta às aulas, já. Eu sou totalmente a favor do movimento ‘escolas abertas’.”

PUBLICIDADE
- PUBLICIDADE -

TÓPICOS

COMPARTILHE

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no reddit
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -