Português   English   Español

Aumento catastrófico no número de crimes na Suécia, principalmente agressões sexuais

As informações foram publicadas nessa quarta-feira (15) em relatório do Conselho Nacional para Prevenção de Crimes (BRÅ).

A proporção da população sueca que foi vítima do que é classificado como “crime contra um indivíduo” – furto, roubo, ameaças, fraude, assédio ou agressão sexual – está no seu nível mais alto desde que os registros começaram em 2006.

O criminologista Manne Gerell disse ao jornal The Local:

O que realmente se destaca é que este é um aumento tão amplo, que afeta quase todos os tipos de crimes. Eu acho esse aumento preocupante, é algo que merece muita atenção. Tivemos declínio ou pelo menos taxas estáveis no número de vítimas nos últimos dez anos, pelo menos na Suécia, e agora parece que a tendência mudou para o aumento do crime.

O jornalista sueco Peter Imanuelsen destacou o aumento catastrófico no número de crimes sexuais no país:

190 mil casos registrados em 2016, um aumento de 35% se comparado ao ano de 2015.

A Suécia é um dos países europeus que mais oferece benefícios sociais à imigrantes ilegais. Por este motivo, o país é visto como o paraíso europeu para muçulmanos sonhando em entrar na Europa.

O governo sueco vem sendo bastante criticado por ter colocado a cultura europeia e as tradições do país em segundo plano para se tornar refém da agenda globalista politicamente correta.

Deixe seu comentário...

Veja também...

Newsletter Renova!

Preencha o formulário para assinar nossa newsletter.

Nome Email
newsletter