Português   English   Español
Português   English   Español

Aumento drástico no número de moradores de rua na Europa

Tarciso Morais
Tarciso Morais
Fundador e editor-chefe da RENOVA Mídia.

Estudo aponta que, nos últimos anos, todos os países europeus, com exceção da Finlândia, vivenciaram um crescimento drástico no número de pessoas vivendo nas ruas e no custo da moradia.

Eles podem ser vistos em quase toda parte em cidades da Europa: pessoas sem-teto obrigadas a viver nas esquinas, invariavelmente cobertos por sacos de dormir. Em alguns casos, a única proteção que eles têm contra o concreto frio das calçadas urbanas é um tapete térmico – mas há muitos que precisam recorrer a jornais ou papelão.

Para eles, chuva, neve e temperaturas contínuas abaixo de zero em toda a Europa são aspectos que trazem riscos de morte. E o problema está piorando – o número de pessoas deslocadas ou sem-teto na Europa cresceu nos últimos anos.

A Federação Europeia das Associações Nacionais que Trabalham com os Sem-Teto (Feantsa, na sigla em francês) confirmou a tendência crescente com um estudo recente, que aponta uma piora da crise social e um crescimento cada vez maior da desigualdade entre ricos e pobres.

Nos últimos anos, todos os países europeus – com exceção da Finlândia – vivenciaram um aumento drástico no número de sem-teto e no custo da moradia. Os dados de cada país são calculados de acordo com padrões diferentes e, portanto, são difíceis de serem comparados. No entanto, invariavelmente tudo aponta para uma tendência geral bastante inquietante.

Entre os países com o maior aumento de habitantes sem abrigo estão a Inglaterra (169% entre 2010 e 2016), a Irlanda (145% entre 2014 e 2017) e a Bélgica (96% entre 2008 e 2016). Os países que sofreram os aumentos mais extremos nos custos de habitação são Bulgária, Inglaterra, Portugal, República Tcheca e Polônia. Em toda a Europa, sem-teto vivem cerca de 30 anos menos do que o resto da população. Em média, eles moram nas ruas por 10,3 anos.

 

Com informações de: [DW]

RENOVA Mídia precisa do seu apoio para continuar em funcionamento. Conheça nossa história e faça sua doação (boletou ou cartão) através da plataforma ApoiaSe. Clique AQUI e faça sua parte.

Compartilhe...

Share on whatsapp
Share on pinterest
Share on telegram
Share on reddit
Share on linkedin
Share on email

Deixe seu comentário...

A RENOVA Mídia não se responsabiliza pelo conteúdo, opiniões e comentários dos visitantes do site. NÃO publique ofensas, discordar não é ofender. Caso encontre algum material com ofensas, denuncie. Lembre-se que ao comentar em nosso portal você concorda com estes Termos de Uso.

Veja também...